Arquivo da Categoria ‘Livros’

 

Dudu e o Plástico Bolha

Chegou as livrarias Dudu e o Plástico Bolha, lindamente ilustrado por Jean-Claude R. Alphen e editado pela Companhia das Letrinhas. Dudu e o Plástico Bolha é meu segundo livro da série do Dudu. E para quem ainda não conhece, Dudu é um personagem cheio de imaginação que está sempre inventando brinquedos e brincadeiras, criando cada dia uma nova aventura a partir de simples objetos que chegam a sua casa através do carteiro.

O Primeiro da série é Dudu e a Caixa. E que como o nome diz, a caixa é o que abre as portas para o menino criar um universo rico de imaginação e, no segundo livro, é a vez do Plástico Bolha entrar em ação e causar muito estouro na casa de Dudu.

Essas histórias nasceram de uma vivência pessoal com meu filho dentro de minha casa. Um dia, chego do trabalho e tem uma caixa enorme. Dentro dela,  a cadeira que havia comprado para meu escritório, a qual sento para escrever essa e outras histórias. Claro meu filho não estava nem aí pra cadeira e sim para aquela caixa enorme, que transformou a sala da minha casa por 1 mês em tudo o que a imaginação do Gabo permitiu. Quando a caixa não parava mais em pé e tivemos que recicla-la, ele ficou muito triste por perder o seu brinquedo predileto, mas um belo dia a campainha tocou de novo e dessa vez a encomenda veio embalada no plástico bolha. Pronto, o mundo dele se transformou tudo outra vez e novos brinquedos surgiram pela casa.

Ambas as historinhas fazem parte do meu site O Pequeno Leitor. Um site de incentivo a leitura cheio de história para contar, onde o objetivo é incentivar seus pequenos a serem os grandes leitores de amanhã. Através de um ambiente muito lúdico e cheio de atividades, o contato com a leitura do O Pequeno Leitor se dá pelo prazer e não pela obrigação. Para conhecer outras histórias, visite www.opequenoleitor.com.br

Além de Dudu e a Caixa e Dudu e o Plástico Bolha, A Lobinha Ruiva e O Pum também são historinhas do site que já viraram livro pela

Companhia das Letrinhas.

 

O dia da festa

Lindo o livro O Dia da Festa, escrito e ilustrado por Renato Moriconi – Editado pela Pequena Zahar.

Como o título sugere, na minha opinião a história é uma festa para nossos olhos. Misturando pinturas e colagens feitas com obras-primas da história da arte; como Bosch, Marcel Duchamp, Goya, Botticelli, entre outros, adultos e crianças vão se deliciar com essa narrativa visual única e também com a imprevisível  história do tão aguardado unicórnio que chegaria num reino pra lá de distante para curar os males de seu povo.

Afinal, qual será o segredo que guarda esse animal branco, de chifres dourado, garbosos e todo enfeitado?  veja você mesmo o surpreendente final dessa história.

 

A Inacreditável História de 2 Crianças Perdidas

A Inacreditável história de 2 crianças perdidas, escrita e ilustrada por Jean-Claud R. Alphen e editada pela Companhia das Letras, conta a divertida narrativa de Gilda e Godofredo.

Ela, morava com um Ogro Terrível e morria de medo de ser devorada. Ele, prisioneiro de uma Bruxa Horrorosa tinha medo de ser transformado num sapo feioso. Tudo o que os dois queriam era dar no pé da li. Até que conseguiram, mas será que eles se encontraram? Seriam feliz para sempre? Vale muito a pena ver qual é o verdadeiro conflito da história. Seria Gilda, a bruxa? Godofredo, o Ogro? Descubra página a página qual o final dessa aventura assombrosa.

As ilustrações de Jean-Claud como sempre são surpreendentes. Com traços singelos a história ganha uma leveza. Nem o mais terrível personagem consegue nossa antipatia, pelo contrário. Adorei.

 

Max, o corajoso

Max, o corajoso, de Ed Vere, é um gatinho pra lá de simpático e muito destemido.
Não tinha medo de nadica de nada.
Seu negócio era caçar os ratos para devora-los.
A única coisa, é que Max nem sabia o que era um rato. Então, ele passa a historinha toda a procura-lo, perguntando de bicho em bicho se eles eram o tal roedor ou não, porque se fossem, muito cuidado!! Max iria devora-los.
Será que Max encontrou o tal bichinho ou foi devorar o bicho errado?
Muito engraçadinha esta narrativa. O personagem é uma fofura de gatinho!

 

Os cinco esquisitos

Realmente muito esquisito e bastante divertido o livro Os Cinco Esquisitos, de Beatrice Alemagna.
Como dá pra deduzir, são cinco os personagens desta história. E nenhum deles conseguia fazer nada certo na vida!
Um era furado e dizia que as idéias o atravessavam.
Um era dobrado e dizia que não conseguia achar a idéia no meio de tanta dobra.
Outro, o mais molenga, dizia que suas idéias eram mole e fracas.
Já o que era de ponta cabeça, dizia que suas idéias eram todas ao contrário e isso era bem atrapalhado.
O último dos cinco esquisitos que era todo errado, obviamente disse que suas idéias nunca dariam certo!
Até que um dia, cruzaram com um sujeito extraordinário pela frente!
O que será que vai sair desse encontro? Idéias emboladas e atrapalhadas ou uma grande descoberta um pouco às avessas?
Muito bacana este livro e as ilustrações são divertidas assim como seus personagens.
Vale a pena conferir com seu pequeno!

 

Apenas um é diferente. Você consegue encontrar?

Você tem em casa um pequeno curioso e observador?
O livro, Apenas um é diferente. Você consegue encontrar? , de Britta Teckentrup, é um livro que vai instigar a criançada.
Cada página fala de algum bicho, como por exemplo: borboletas, macacos, rinocerontes, pinguins entre outros, e a narrativa sempre lança um desafio para a criança encontrar o diferente em meio a tantos iguais!
Me diverti tentando encontrar qual macaco quebrou a perna, qual pinguim está levando um filhinho escondido, qual tartaruga escondeu a cabeça, qual morceguinho está de olhos fechados e por aí vai.
Parece fácil, mas quando a página inteira é cheia de bichos exatamente iguais, achar o diferente é uma tarefa não tão simples, mas muito gostosa.
A criançada vai adorar.

 

O Rouxinol e o Imperador

Lindo o livro O Rouxinol e o Imperador, de Hans Christian Andersen e Quentin Gréban.
Nos jardins do imperador da China, existia um rouxinol que cantava maravilhosamente, fazendo com que sua música atingisse o coração de que a ouvisse. Viajantes do mundo inteiro escreviam livros sobre o canto da ave!
A história conta a trajetória do rouxinol, da mata para o palácio do soberano, quando o lindo pássaro foi encantar a todos com sua música.
Em seguida mostra sua tristeza ao ser trancado numa gaiola e substituído por um rouxinol todo de ouro e diamantes.
O rouxinol consegue sua liberdade enquanto o falso rouxinol põe-se a cantar todo dia a mesma música já que ele é apenas uma máquina.
A virada acontece quando o imperador está a beira da morte e sua relação com o rouxinol de verdade muda o rumo da história.
A narrativa tem uma poética linda e as ilustrações são igualmente belas.

 

Dudu e a Caixa

Já nas livrarias, Dudu e a Caixa, meu 3o livro com mais uma historinha que faz parte do site
O Pequeno Leitor!
Lançado pela Companhia das Letrinhas e Ilustrado por Jean-Claude R. Alphen,
Dudu e a Caixa conta a história de um menino que se divertia muito quando ouvia o som da campainha.
É que vira e mexe o carteiro sempre trazia uma surpresa interessante! E essa história começa quando a mãe de Dudu recebe uma encomenda que veio numa caixa enorme, mas claro que o menino nem ligou para o que tinha dentro, ele só queria saber da caixa.
Se você acha que esta era uma simples caixa, está bastante enganado.
Ela era muito mais: era um carro super potente, um barco de exploração dos mares, a prisão de bandidos perigosos e outras tantas coisas que só lendo para viajar nessa aventura.

A riqueza com que Jean-Claude ilustra a narrativa, faz com que a história vire uma poesia para os olhos!
Além deste livro, leia também os outros dois títulos que fazem parte dessa coleção lançada pela Companhia das Letrinhas:
A Lobinha Ruiva e O Pum!
E para ler e ouvir outras histórias, entre no O Pequeno Leitor:
www.opequenoleitor.com.br

 

A Lenda da Vitória-Régia


Adorei o livro A Lenda da Vitória-Régia, da Blandina Franco e do José Carlos Lollo – Editora Callis.
Este livro faz parte da coleção História da Vovó Betica. E para quem não sabe, a simpática vovó Betica mora em uma comunidade ribeirinha no Norte do país e conhece uma porção de histórias dos índios brasileiros.
É que ela cresceu escutando sua avó, uma índia bonita, que se casou com um homem branco, contar as lendas de seu povo.
Hoje, a vovó Betica conta as mesmas histórias para sua netinha, sua maior fã!
Nessa historinha, a curiosa menina vai contar à avó, que ela quer ser uma estrela quando crescer. Pronto, daí em diante a vovó conta uma bonita história, sobre uma índia que queria virar estrela, mas que acabou virando planta.
Ah! Só que não uma planta qualquer: a índia Naiá virou a Vitória-Régia.
A narrativa é deliciosa e dá vontade de levar pra casa tanto a vovó Betica quanto sua netinha.
A ilustração é muito muito fôfa e ela se transforma, quando o diálogo acontece no presente e quando a história é narrada no passado pela avó.
Recomendo esse e os outros títulos desta coleção.

 

Brasil 100 Palavras


Bem interessante e muito alegre o livro Brasil 100 Palavras, de Gilles Eduar.
Além de divertir os pequenos, o livro também vai ensinar um pouco mais sobre os animais e tipos de vegetação de várias regiões do Brasil de uma maneira bem gostosa.
Este gigante país tem diferentes ecossistemas em cada pedaço de terra.
Dá pra tentar imaginar a quantidade de bichos existentes na região da Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Pampas?
É impossível mensurar, porque a diversidade é enorme, mas o autor faz o leitor passear por todas essas regiões Brasil a fora, pra dar um pequeno panorama dos animais e vegetações que por lá vivem e se desenvolvem.
Curiosidade é o que não vai faltar pro seu pequeno leitor viver e aprender!