21 de janeiro de 2011

Melo Carmelo

MELO CARMELO

” Era uma vez um homem que foi na banca comprar uma revista que ele comprava todo domingo e custava R$ 50,00 e ele só tinha R$ 35,00 e ele não podia comprar ele ficou muito triste mas bacharam o preso bem na hora dele comprar e a revista foi para a liquidasão e ele pode comprar”
Fim

Como nestas férias de final de ano, eu estava focada com as questões do meu site, O Pequeno Leitor, que será lançado em breve, o que eu mais fiz foi ficar lendo e relendo minhas histórias, criando outras, testando o site e assim por diante. Neste processo, meu filho e seus amiguinhos resolveram entrar na brincadeira.
Todas as tardes eles sentavam comigo na varanda e ficavam desenhando ou criando uma historinha.
E em uma dessas tardes, saiu a última história do Gabo. Achei interessante quando li o que ele escreveu, porque na escola, durante todo esse ano que passou, o Gabriel teve a questão da matemática super forte. Tudo era conta o tempo todo.
Era fazendo conta que passávamos o tempo no trânsito na volta da escola ou quando viajávamos de carro.
Achei bacana de qualquer maneira, ver como as coisas fluiam naturalmente, como as crianças curtiam ficar criando desenhos e histórias, como era um prazer fazer isso sem nenhum sentimento relacionado a obrigação.
Adoro observar o processo da imaginação deles enquanto estão com as idéias a todo vapor, ouvir os palpites que um dá pro outro, enfim, esse universo é bastante rico e um belo exercício para os pequenos.
Quem tiver filhotes que queiram enviar desenhos ou histórias, será um prazer publicá-los e incentivar que cada vez mais crianças leiam e escrevam coisas nas quais elas tenham vontade de contar aos outros.

7 comentários para “Melo Carmelo”

  1. Aurea (Kathy) disse:

    Oi Stela, como vai? Eu e meu filhote adoramos seu site, parabéns! Adorei o blog, estou sempre buscando sugestões de livros infantis legais. Fiz um post sobre vocês no meu blog, o Mamíferas. Beijos de carinho.

  2. O Pequeno Leitor disse:

    Oi Kathy, primeiro obrigada por todos os elogios que você fez ao site e ao blog O Pequeno Leitor no seu blog Mamíferas. Fiquei muito feliz com a participação do Samuel no site, escrevendo uma historinha. O blog também está aberto para crianças que queiram desenhar e escrever suas histórias livremente. é só mandar no e-mail do blog, tá?
    Aproveito pra dizer que também adorei o Mamíferas.
    mais uma vez obrigada! bjs, Stela

  3. Aline Angeli disse:

    Olá, Stela, não podia deixar de te escrever para dar parabéns pelo belíssimo site. Li uma matéria hoje na M&M sobre ele e corri para conhecer. Agora, à noite, acabei de mostrá-lo à minha filha de 5 anos, que simplesmente não queria mais ir dormir só para poder escrever uma história. Como jornalista e também autora de livro infantil (se puder, não deixe de conhecer “O Livro das Emergências – O que Toda Criança Esperta Precisa Saber sobre Segurança”, pela Ática!), estou empolgadíssima com mais esta oportunidade de estimular nela o gosto pela leitura! Muito sucesso para você!

  4. O Pequeno Leitor disse:

    Oi Aline, fico feliz de você ter gostado do site e mais ainda pela sua filha de 5 anos. É super bacana ter este retorno dos pequenos. Adoro ler as histórias que eles escrevem e acompanhar o raciocínio, a fase e o desenvolvimento de cada uma. Com certeza vou procurar seu livro para ler. Em breve terei mais temas para sua filha criar uma nova história. Muito obrigada! Um beijo, Stela

  5. Fabiana Andrade disse:

    Stela, simplesmente genial a ideia d’O Pequeno Leitor!

    Viu inclui-lo nas minhas aulas de informática (trabalho na Ed. Infantil) e recomendar aos pais que ajudem os pequenos a cadastrar-se!

    Parabéns pela iniciativa!
    Fabiana.

  6. O Pequeno Leitor disse:

    Oi fabiana,

    fico feliz em saber que vc vai usar o site nas suas aulas e recomenda-lo aos pais.
    Muito obrigada pelo comentário.
    bjs

    stela

  7. O Pequeno Leitor disse:

    Oi Agatha, essa história que vc leu foi escrita por um pequeno leitor. Que são crianças que ainda não sabem escrever direito em alguns casos, mas querem poder se expressar. Nem todas são totalmente alfabetizadas, mas elas tem o direito de tentar escrever e poder ver sua historinha publicada. Pra ela, aquela história faz sentido e a gente precisa olhar para ele de um jeito diferente.
    Seria muito bacana se vc escrevesse uma historinha no site também. Seria muito bem vinda.
    um beiji,
    stela

Deixe um comentário